Caminhando Pelo Espaço

(Romantização do roteiro “Walking In The Outer Space” do projeto de Graphic Novel “Devaneios”)

Um garoto caminha livremente no espaço sideral. Calmo e sonhador, ele não se preocupa.

Um dia, o garoto vê, em meio a galáxias, uma estrela mais brilhante do que as outras. O garoto tenta alcançá-la, ele precisa tocar o brilho.

Não que sua vida fosse ruim, viver no espaço era realmente incrível, mas você sabe, ele se tornou fanático.

Névoas, nebulosas, buracos negros.

Quanto mais ele se esforçava em tentar alcança-la, mais pesado seu corpo ficava. O peso das responsabilidades e daqueles dos quais ele não deveria nunca decepcionar.

O garoto foi perdendo a sua força, sua fé. Cada vez mais pesado, seu corpo encontrou o chão. A realidade, então.

Frustrações dolorosas, estabilidade confortável. Cumprir expectativas alheias, o chão.

O garoto, abatido, desiste. Sentado em sua cratera, ele se torna um homem.

O homem tenta viver no chão, você sabe: Se formar, arranjar um emprego, conseguir um carro, uma casa, uma esposa, o pacote completo.

Mas ele não poderia fugir da melancolia. Quem pode? Toda noite ele se senta do lado de fora e observa a sua estrela especial, por horas e horas. E então ele volta para o conforto de seu lar, onde ele tudo pode, menos sonhar.

A estrela vai se tornando ainda mais brilhante. Inalcançável pela prisão segura.

Um dia a estrela começa a se apagar, e com ela, todas as estrelas envolta. Acontece que a estrela se tornou algo ruim, realmente ruim.

O homem era o único que poderia lutar contra o que ela havia se tornado. Um buraco negro.

Ele poderia, se quisesse, fugir. Ele passou a vida inteira fugindo, afinal.

Mas ele voltou a voar. E aquilo, que sugava tudo que havia, se encontrou com o garoto e se tornou brilho.

(O projeto Devaneios consistia em cinco histórias com teor psicodélico — ou quase — Cada página seria ilustrada por um artista diferente e cada um daria sua própria perspectiva para o roteiro. O projeto não foi para frente mas se algum dia eu, o autor que vos fala, perceber um feedback sobre, posso voltar a sonhar).

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s